Síndrome do Pânico não é frescura!

A Síndrome do Pânico, apesar de ser uma doença psicológica, se manifesta através de diversos sintomas físicos. Apesar disso, a pessoa acometida faz diversos exames que não apontam nenhum problema físico. A partir daí, os familiares e amigos que convivem diretamente com o indivíduo passam a achar que as crises provocadas pelo pânico não passam de frescura e vontade de chamar a atenção. Mas a Síndrome do Pânico não é frescura!

O pânico é uma doença psicológica séria, que exige tratamento específico de um médico em conjunto com a psicoterapia. E, quem convive com a pessoa que tem o transtorno, deve ficar atento ao comportamento da mesma.

Os ataques de pânico costumam aparecer de forma súbita e vão aumentando de intensidade rapidamente. O indivíduo sente que vai morrer, que acontecerá uma catástrofe e isso vai se intensificando cada vez mais. Os sintomas físicos de um ataque de pânico são:

  • Calafrios ou ondas de calor
  • Dores no peito
  • Formigamentos
  • Medo de morrer iminente
  • Medo de perder o controle ou de ficar louco (a)
  • Náuseas e vômitos ou desconforto abdominal
  • Palpitações
  • Sensação de asfixia
  • Sensação de falta de ar ou que está sufocando
  • Sensação de não ser ele(a) mesmo(a)
  • Suor intenso
  • Tontura ou vertigem
  • Tremores

 

Por isso, quem convive com a pessoa acometida pela doença, precisa entender que ela não está doente porque quer. A Síndrome do Pânico não é frescura, mas sim um distúrbio provocado por uma alteração química no cérebro, que desencadeia as crises.

Isso costuma acontecer quando a pessoa passa por uma situação muito traumática, como um sequestro, assalto, acidente automobilístico, desastre inesperado (como enchentes, incêndios ou outras catástrofes) ou mesmo a morte de um parente querido. Nesses casos, a química do cérebro muda e a doença se instala.

Quer ajudar alguém a se livrar da Síndrome do Pânico de vez? Então veja como dar fim a esse mal de uma vez por todas, para que a pessoa possa ter uma vida plena e cheia de saúde!

 

Deixar um Comentário

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

If you agree to these terms, please click here.