Síndrome do Pânico: hipnose pode ajudar a vencer o mal

A ansiedade excessiva, as crises constantes de pânico, o afastamento da família e dos amigos, os exames médicos que descartam quaisquer doenças físicas vão deixando a pessoa que tem a Síndrome do Pânico cada vez mais desanimada, depressiva e achando que a doença não tem cura. Mas, além dos tratamentos convencionais, a hipnose pode ser uma excelente aliada para vencer esse mal.

Quer voltar a ter uma vida completamente normal e deixar a Síndrome do Pânico para trás? Então clique aqui e conheça o método!

O primeiro passo para quem tem a Síndrome do Pânico já confirmada, é iniciar o tratamento médico-psicológico o quanto antes, para diminuir os sintomas e a incidência das crises. Sem esses cuidados, o quadro de ansiedade excessiva aumenta e a pessoa vai, gradativamente, se isolando do convívio social.

Como a Síndrome do Pânico costuma afetar pessoas que passaram por algum processo traumático intenso, como sequestros, assaltos, acidentes ou a perda de algum parente próximo, o foco do tratamento é a superação do trauma que provocou a doença. É aí que a hipnose entra.

Hipnose: Um dos caminhos para a superação da Síndrome do Pânico

A hipnose é uma abordagem psicológica que o especialista usa para buscar no inconsciente da pessoa acometida pela Síndrome do Pânico a causa do problema. Durante a sessão de hipnose, a pessoa volta àquelas lembranças que a levaram a ter a doença. Nesse momento, o especialista induz o paciente a mudar a sua forma de ver, pensar e sentir o seu problema. Assim, o indivíduo volta a ter o controle de si mesmo e começa a vencer a doença de uma forma mais efetiva.

Assim, com o avanço das sessões de hipnose, as crises tendem a diminuir, já que a origem de todo o problema vai sendo tratada e o gatilho das crises perde a sua força.

Além da hipnose, existem também outros tratamentos alternativos, como a medicina ortomolecular e os florais, grandes aliados para quem sofre com a Síndrome do Pânico.

Quer acabar de vez com esse mal e vencer a Síndrome do Pânico? Então clique aqui e descubra como!

5 Comentários

  1. gabriela cristina de outubro 4, 2013
  2. gabriela cristina de outubro 4, 2013
  3. decio diniz outubro 21, 2013
  4. a henrque novembro 26, 2014
  5. Lucas setembro 24, 2016

Deixar um Comentário