O que leva alguém a ter a Síndrome do Pânico?

Panic-Disorder-causes

A Síndrome do Pânico tem se tornado um dos males do século mais comuns na sociedade atual. E suas causas são diversas. Quando não tratada, a doença evolui para ataques de pânico cada vez mais frequentes, podendo chegar ao extremo da Agorafobia. Mas, então, fica a pergunta: o que leva alguém a ter a Síndrome do Pânico?

Normalmente, as pessoas são acometidas pelas crises de pânico após passarem por uma situação extremamente traumática, como um assalto, sequestro, tiroteio, acidente de carro, entre outras situações que gerem um medo muito grande. Por isso, é de suma importância entender qual foi o gatilho que causou a Síndrome do Pânico, para que a pessoa possa ser corretamente tratada, através de medicação combinada com psicoterapia.

Características comuns entre as pessoas acometidas pela Síndrome do Pânico

Apesar de ser causada por diferentes situações em cada indivíduo, a Síndrome do Pânico costuma aparecer com mais frequência em pessoas com determinados perfis:

– Em pessoas controladoras e excessivamente preocupadas com os problemas do dia a dia;

– Gente muito criativa;

– Indivíduos exigentes demais consigo mesmos e que não sabem lidar com seus próprios erros, muito menos com os dos outros;

– Pessoas bastante produtivas no trabalho, que assumem responsabilidades e tarefas demais para si mesmas e não sabem delegar tarefas aos outros;

– Pessoas perfeccionistas demais e que dependem muito da aprovação dos outros e de elogios;

– Pessoas que se preocupam antecipadamente com coisas que ainda nem aconteceram;

– Pessoas que tiveram uma grande privação afetiva e dependem demais do amor e da aprovação alheia;

– São emocionalmente instáveis.

Seja qual for o trauma que desencadeou a Síndrome do Pânico na pessoa, o tratamento é muito importante, para que a doença não evolua e vá tornando a vida do indivíduo cada vez mais difícil, levando – o ao completo isolamento, afetando sua vida profissional, social e afetiva.

Você quer se livrar de vez desse mal e ser uma pessoa com uma vida completamente normal de novo? Então veja como dar fim de uma vez por todas a esse problema agora mesmo!

 

Deixe seu comentário!
 

9 Comentários em "O que leva alguém a ter a Síndrome do Pânico?"

  • […] origem real desse transtorno ainda é desconhecida pela medicina. Mas se sabe que a Síndrome do Pânico ocorre com uma frequência alta em algumas famílias, o que sugere que existe sim um componente […]

  • joao giordani disse:

    minha esposa adquiriu mal de Parkinson próximo a 20 anos começou com um pequeno tremor na mão direita e progressivamente veio atacando o corpo inteiro, visitas aos médicos, uma constante, medicamentos sem sucesso. Prolopa 250/50 diluído em agua, 4 vezes ao dia, amenizou uns30 % nos tremores. Tendo a idade de 80 anos. Sofrimento total e mais aos seus acompanhantes. Sofre constantemente as noite de pânico Noturno, uma tristeza. Segundo minha consulta no Google ( Parkinson ) o pânico noturno é uma das muitas causas desse terrível Mal que assola a humanidade, e que ainda não tem cura. A quem interessar, procure pesquisar . MAL DE PARKINSON.

    • Sandra Coelho disse:

      João,

      Toda doença degenerativa é complicada. Desejo a você muita força!

    • amigo , bom dia :
      Tenho Parkinson a 10 anos , tomo desde o começo prolopa 250 , meio comprimido 3 vezes ao dia ,ninguém diz que
      tenho parkinson ,nem os médicos ,se eu nao falo ,so tremo em situações tensas, porém tenho começo de enrijecimento dos pés , excesso de saliva . A dois dias tive uma crise noturna do que o médico chama de distubio do panico ( pensei que fosse morrer ) desconfi oque o prolopa é i responsável, hoje saberei indo no neurologista. Atribuo a boa qualidade de vida que tenho a duas coisas : 1 -Sou muito calmo ,extremamente bem humorado, dificilmente me irrito ,estou sempre de bom humor , e em segundo lugar à física quântica , através da apometria aplicada pelo meu terapeuta holístico , Palermo da Casa da Luz , daqui de santos
      êle ja me socorreu em momentos difíceis , Se quiser saber algo a respeito acesse : ” mago da luz ” e terá todas as informaçoes,. Êle dá atendimento gratuito todas as segundas feira , mas lá é muito rápido, apenas uns 10 minutos , costumo ir no consultório dele, a consulta custa 170 reais , Pra mim tb o parkinson se manifestou com tremor apenas na ponta do dedo , o que achei ” agradavel ” , mas quando o segundo dedo tb começou aé daiu a ficha , me apavorei e corri para o neurologista. Eu tenho 71 anos e moro em santos , meu
      telefone é o13-41412855 , luthero leonardo, abraços

  • josynete disse:

    estou com diagnostico de sindrome do panico e estou com muito medo,pois trabalho e tudo começou com um problema de transtorno de anciedade comecei o tratamento para o transtorno já a alguns anos e só tenho piorado e agora chegaram a conclusão que estou com sindrome do panico estou apavorada,se estou dentro de casa estou aré bem mais só de pensar em sair pra fazer academia ou ir trabalhar já começo a passar mal o que você acha que devo fazer?

    • Sandra Coelho disse:

      Josynele,

      Se vc continua com esses sintomas, mesmo fazendo o tratamento, acho que você deveria ir a outro médico. Pois, com esse tempo de tratamento, seus sintomas já deveriam estar mais suaves ou quase nulos.

  • Boa tarde ! Tive um ataque de panico e apos esse dia tenho a sensação de falta de ar e já faz 4 meses ! Fui a um psiquiatra e estou tomando controlador de humor mas essa sensação não melhora ! O que devo fazer ? Obrigada

    • Sandra Coelho disse:

      Volta no seu psicólogo e conta o que está acontecendo a ele. Ele vai te ajudar trocando essa medicação por uma mais eficiente.

  • Boa tarde..tenho um amigo com sindrome, ele ja teve em 2009,mas ficou com sequelas.e isso esta afetando a vida dele em tds os sentidos…..

Comente: