Mitos da Síndrome do Pânico

A Síndrome do Pânico infelizmente causa muitas dúvidas e interpretações erradas, por ser uma enfermidade relativamente pouco divulgada de forma ampla. E, para quem sofre com esse mal, é ainda pior, já que a pessoa não sabe o que é de fato real ou não. Por isso, veja aqui os Mitos da Síndrome do Pânico mais comuns.

Primeiramente, é preciso entender que a Síndrome do Pânico tem sintomas físicos e mentais e saber quais são os mais comuns, no indivíduo afetado pela doença. Informação é algo muito importante para quem tem o problema.

A reação mais frequente nas pessoas que tem o transtorno é o medo de ficar louco, de perder o controle sobre a sua própria vida e independência. Isso é apenas uma impressão causada pela doença. E esse comportamento é mais frequente em pessoas com muita imaginação e grande ansiedade.

Os mitos da Síndrome do Pânico mais comuns

– Síndrome do Pânico = esquizofrenia. Por causa de alguns sintomas em comum, as duas doenças podem ser confundidas, já que ambas provocam delírios e respostas físicas semelhantes. Mas são enfermidades diferentes e que não devem ser associadas.

– Medo excessivo da morte. Acontece com todos os acometidos pela Síndrome do Pânico. O terror da pessoa é o de morrer instantaneamente, sem poder fazer nada para evitar isso. E, de tanto falar, as pessoas que convivem com o indivíduo passam a acreditar nisso. E trata-se apenas de um mito. Seus órgãos não vão parar e você não vai morrer. Essa é apenas uma manifestação das crises de pânico.

– Seus medos vão te dominar. É um mito, pois, quanto mais você entender os seus medos e saber lidar com eles, menor as chances de desenvolver mais crises e maior controle você tem sobre a doença.

– Quase todos os indivíduos que tem a Síndrome do Pânico acham que tem problema do coração. Isso é outro mito, causado pela taquicardia presente nas crises. Mas, o coração acelerar durante um estado de ansiedade é uma reação normal do organismo. Não está associada a problemas cardíacos.

Fique tranquilo, você não vai enlouquecer nem perder a cabeça. Não vai ficar insano. Você está doente, mas vai se curar. É só buscar o tratamento adequado, ter vontade de se curar e mudar para melhor. Aprenda a relaxar, respirar fundo e isso tudo irá passar com o tempo.

Você quer se livrar da Síndrome do Pânico de vez e mudar de vida? Então conheça esse método inovador para se curar e acabar de vez com esse mal!

 

5 Comentários

  1. Rossana novembro 11, 2013
  2. Sandra Coelho novembro 19, 2013
  3. helena maria rogati maio 14, 2014
  4. Má gama julho 1, 2014
  5. Ana Lúcia dezembro 29, 2014

Deixar um Comentário

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

If you agree to these terms, please click here.